Posts ‘cabelo liso’

2012
04
Sep

Resenha: Botox Capilar Ybera

Quem leu o post sobre Botox Capilar e ficou curiosa(o) para saber se funciona mesmo, eu servi de cobaia e testei o kit da marca Ybera.

Vamos lá, prometo contar tudinho!

  • O que diz o site do produto:

Botulínica Capilar Ybera – SEUS CABELOS ANOS MAIS JOVENS

Ao longo do tempo os cabelos sofrem mudanças e agressões constantes que provocam o envelhecimento dos fios. Botulínica Capilar é rica em toxina botulínica vegetal e ativos reparadores que preenchem precisamente as falhas dos fios. Seu sistema intercelular cria uma ponte natural de cistina entre as falhas da fibra, completando-as e deixando a superfície mais uniforme e resiste. Sensação de cabelos com peso recuperado e balanço e visivelmente rejuvenescidos.

  • Minha opinião:

Bom, minha primeira impressão do produto não foi nada agradável, porque eu amo produtos cheirosos (quem não gosta né?), e esse kit não tem um cheiro nada bom. Mas claro que se for bom o cheiro é o que menos importa!

Sou cabeleireira formada, mas não exerço a profissão, então decidi fazer eu mesma ao invés de ir a um salão.

O passo a passo que veio com o kit dizia o seguinte:

  1. Lave os cabelos com o Shampoo Hidratante, retire o excesso de umidade com o secador e divida os cabelos em 4 seções.
  2. Aplique o Ativador de Liso Bottox Capilar com um pincel em todo o cabelo, começando pela nuca.
  3. Alinhe os cabelos com um pente, deixe agir por 10 minutos,depois faça uma escova bem lisa.
  4. Passe a prancha em mechas finas 8 vezes em cada a uma temperatura entre 190oC e 200oC.
  5. Enxágue bem, aplique Reconstrutor Inteligente e deixe agir por 10min.
  6. Enxágue, aplique Defrisante Termoativado, finalize com escova e pronto.

Eu segui fielmente o passo a passo. E mudaria uma coisa: no passo 3 eu não faria a escova, secaria apenas com o secador, porque ficou muito difícil secar com o cabelo lambuzado de produto. Ficou muito duro o cabelo e acho que essa parte quebrou um pouco meu cabelo… nada de “noooossa, o que eu fiz?”, mas fiquei um pouco incomodada.

Na próxima vez vou apenas secar com o secador e passar a prancha.

Como sou bem loira, o tom do meu cabelo deu uma leve escurecida, talvez volte ao normal na próxima lavagem, mas eu li que loiras muito claras devem evitar a prancha com mais de 170 graus, pois é isso que muda a tonalidade do cabelo. Sinceramente a mudança não foi nada de mais, ninguém reparou nisso, só eu percebi.

  • Resultado do Uso do Botox Capilar Ybera:

Adorei o resultado final. Deixou o cabelo com um ar mais pesado, não de oleoso, mas aquele peso de cabelo saudável, sabe?

Alisou um pouco, ficou muito macio e reduziu o frizz também, como prometido.

O cabelo fica com um brilho incrível, valeu cada centavo e cada hora que eu gastei em todo o processo.

Paguei R$135,00 no kit que vem com quatro frasquinhos de 130ml cada. Comprei pelo Mercado Livre.

Recomendo para tanto para quem está com os cabelos bem danificados quanto para quem quer só uma manutenção nos fios.

Lembrando que pra quem tem cachos e gosta deles pode usar o difusor ao invés de fazer escova.

Aprovadíssimo!

2012
30
Aug

Botox Capilar

Ouve-se muito falar sobre os benefícios do Botox no rosto para atenuar rugas e marcas de expressão. O que muita gente não sabe é que há uma novidade no mercado capaz de fazer verdadeiros milagres na nossa cabeleira!

O método é o que há de melhor quando o assunto é reparação de danos nos cabelos. Nenhuma hidratação se compara a ele.

O Botox capilar possui toxina botulínica, um princípio ativo de origem vegetal que ajuda a selar as cutículas do fio, acaba com o frizz, devolve a elasticidade, reduz o volume a repõe a massa perdida!

O produto promete devolver aos fios a massa capilar perdida ao decorrer dos anos e recuperar ainda os danos causados pelo sol, vento, secador, chapinha, tinturas e outras químicas aplicadas no cabelo com grande frequência.

O tratamento é indicado para todos os tipos de fios, com ou sem colorações ou descolorações.

Ele age apenas onde o cabelo mais precisa de reparo. Normalmente a raiz é mais grossa que as pontas, e o Botox capilar deixa o fio inteiro com a mesma espessura. Assim, a técnica elimina as pontas duplas, os arrepiados e o volume do cabelo.

O resultado visual é um cabelo muito mais saudável, liso, sedoso, muito brilhoso e com movimento.

As marcas mais usadas nos salões têm sido L’oreal e Ybera. Ambas prometem recuperar no mínimo 80% dos danos das madeixas já na primeira aplicação.

O retoque geralmente é feito a cada três meses apenas nas raízes, podendo ser aplicado no comprimento todo caso necessário.

A média de preço do tratamento nos salões em São Paulo é de R$80,00 à R$200,00 podendo variar de acordo com a região.

Fernanda Di Pace

2012
21
Aug

Tipos de Alisamento

Alisamentos temporários:

O mais tradicional. É a nossa velha conhecida escova ou chapinha. Você coloca a cabeça embaixo do chuveiro e adeus cabelos lisos.

O uso frequente de secador e chapinha pode danificar os fios caso não haja hidratação regular e eficaz.

Alisamentos progressivos:

Este tipo de alisamento pode apresentar vários nomes que geralmente significam a mesma coisa: escova francesa, relaxamento ou escova progressiva. Apresenta vários aromas que são utilizados para disfarçar o forte cheiro das químicas utilizadas. Apresentam as versões chocolate, morango, leite, mel, entre outras.

Esta forma Tem a duração de até três meses. Se for utilizada de maneira correta além de alisar os cabelo também hidratam e fornecem brilho aos cabelos.

Alisamentos definitivos:

Garantem efeito por até um ano por ter os agentes mais fortes.

É necessário retoque de raiz de três em três meses, ou em cabelos muito volumosos mensalmente.

Devido aos seus agentes essa técnica deve ser usada com muito cuidado,
aconselhável apenas em salões de beleza e com profissionais que saibam o que estão fazendo.

Qual escolher?

Não importa qual tipo de alisamento você escolha, todo cuidado é pouco pois os danos podem ser trágicos, indo desde feridas no couro cabeludo até a queda ou quebra dos fios.

O mais importante a ser citado é que os ativos alisantes não podem entrar em choque, ou seja: hidróxido de sódio, hidróxido de cálcio, lítio, guanidina, amônia e formol não podem ser utilizados um após o outro. Escolhida a técnica deve-se manter apenas ela até que todo o comprimento onde foi aplicado o produto cresça e seja cortado.

Mulheres grávidas não devem se submeter à nenhum tipo de alisamento que contenha agentes químicos, pois por menores que sejam as quantidades utilizadas acabam atingindo a corrente sanguínea. A melhor opção é a tradicional escova.

Novidades e dicas de beleza!
Receba artigos por email!
Widget by MundoBlogger Instale este widget